Bodas de Prata

Sobre meus 25 anos de Vida Religiosa Consagrada.
Chegar aos vinte cinco anos de vida consagrada marista é um grande convite para eu olhar para trás e contemplar as maravilhas que Deus tem feito em minha vida. É um momento de agradecimento e também de avaliação e projeção. Momento de agradecimento porque, como marista, sinto na alma o que significa ser chamado a ser marista por uma escolha gratuita de Maria: procurar, em todo o meu ministério, fazer tudo do jeito dela; momento de avaliação porque como humano consagrado também me esbarro em meus limites, fragilidades e pecados, mas apoiado pela Mãe de Misericórdia me sinto encorajado a perseverar e acreditar nesse chamado; e momento de projeção porque não fiz meus votos para ficar fechado em mim mesmo, mas para servir ao Povo de Deus que ele me confiar daqui pra frente, de preferência sendo fiel ao nosso carisma e espiritualidade marista em nossas comunidades religiosas, em nossos ministérios e em meio aos meus familiares e amigos. Insisto na palavra gratidão: à Trindade Santa, à Nossa Senhora, aos meus pais e demais familiares, aos confrades maristas, em especial aos meus formadores, aos Irmãos e Irmãs Maristas, a muitos religiosos e religiosas, aos paroquianos da Bahia, de Callao (Peru), de Minas Gerais, do Paraná e de São Paulo. Enfim, a cada um que ajudou a compor minha história nesses 25 anos. Um abraço afetuoso a todos.

Pe. Roberto SM.

2 respostas
  1. Ernani Ferreira Prado
    Ernani Ferreira Prado says:

    Parabéns. Pe Roberto. Paz e Bem.
    O Senhor morou em São Paulo por volta de 1985?
    Dos Padres Maristas que moravam em São Paulo como estão? Eu vivi com eles um curto período e gostaria de ter notícias.
    Abraços.

    Responder
    • Roberto
      Roberto says:

      Boa noite, Obrigado pelos cumprimentos, Ernani. Eu sou de São Paulo, sim. E estava lá nesse ano. Eu tinha 16 anos naquela época e trabalhava na paróquia como catequista.Nem pensava em ser padre naquela época. Se você chegou a frequentar a paróquia Nossa Senhora do Bom Conselho, possivelmente tenhamos nos cruzados pelos corredores. Um grande abraço.

      .

      Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *